Conheça os Benefício dos Treinos Para a Sua Saúde

Se você quiser queimar o excesso de gordura, você deve conhecer o treino intervalado para emagrecer. Não só estes exercícios queimar calorias enquanto você está indo-los, mas eles vão construir músculo. Quanto mais músculo você tem, mais calorias você vai queimar em uma taxa de repouso. É por isso que quando você não tomar em calorias suficientes por dia, seu corpo começa a queimar seu músculo em vez de o excesso de gordura. Se você está tomando menos calorias, seu corpo tenta eliminar o que está usando mais.

Certifique-se a encontrar uma rotina de treino que você gosta de modo que você pode continuar fazendo isso. Se você não gosta de seu exercício, as chances são de que você vai encontrar razões para parar de fazê-lo. Experimente exercícios diferentes e diferentes momentos para ver o que funciona para você. Pode ser que o zoneamento fora no elíptico faz o truque ou tomar uma manhã nadar mantém você motivado. Jogging em torno da pista antes do jantar poderia ser o seu bilhete para a perda de peso. Encontrar o que mantém você vai voltar para mais e você estará bem em seu caminho para perder peso.

Mantenha o Equilíbrio

Não se empurre demasiado duramente quando você está trabalhando para fora. Enquanto empurrar-se para seus limites pode ser uma coisa boa, estar ciente desses limites. Construa sua força e resistência gradualmente. Se você pretende exercitar diariamente, empurrando-se demasiado duro só serve para desencorajar e cansar-te no dia seguinte.

Durante o exercício, encontrar algo que vai tirar a sua mente fora da atividade física que você está fazendo. A razão pela qual as pessoas ouvem música ou assistem à televisão enquanto trabalham fora é que engana o cérebro para pensar que o tempo passou. Encontre uma lista de reprodução que você gosta, ou traga um livro com você enquanto estiver na esteira.

A fim de alcançar a máxima aptidão, não se esqueça de colocar estresse em uma determinada área do corpo, como a região abdominal. Não só vai direcionar o foco nesta região e acabam parecendo estranho, mas você pode se machucar também. Concentre-se em diferentes partes do corpo em dias diferentes e certifique-se de fazer exercícios que usam uma variedade de músculos.

A fim de tirar o máximo proveito de sua rotina de fitness durante a natação, não se esqueça de trabalhar em sua flexibilidade tornozelo. Isso ajudará não só na prevenção de lesões, mas também irá aumentar o seu desempenho na água. Isto pode ser feito simplesmente suspendendo suas pernas e apontando seus dedos do pé longe de você, então para cima por um minuto cheio.

Cuide de Perto da Sua Saúde

É melhor não trabalhar fora quando você está doente, a menos que você só tem um resfriado leve. Reservando a energia do seu corpo quando você está doente, ajudará o processo de cicatrização e obterá de volta à força total mais rápido.

Alcance a aptidão ideal usando processos do seu corpo a sua vantagem. Stick para pesos menores em primeiro lugar e gradualmente construir o seu caminho até máquinas. Desta forma, você pode trabalhar músculos menores em primeiro lugar. Seus músculos maiores precisam de menos apoio de músculos menores, então esta é uma ótima maneira de trabalhar sua fisiologia para sua vantagem.

Uma boa dica para ficar apto, é tentar treinar circuito. Circuito de treinamento é um método de levantamento de pesos onde você reduzir drasticamente o tempo de descanso e o peso. Este método transforma sua sessão de levantamento de peso em uma sessão de cardio ao mesmo tempo, assim você pode matar dois pássaros com uma pedra.

Fitness não é tudo sobre o exercício. Se você estiver indo para entrar em forma você também tem que estar preocupado com sua dieta. Você não pode entrar em forma indo para a academia todos os dias e seguindo-o com um Big Mac. Portanto, escolha uma dieta que complementa a sua carga de treino intervalado de dia para dia. Por exemplo, se você não trabalha fora um dia, esse dia é o dia perfeito para saladas, ou em um dia de treino pesado, pode ser mais aceitável para enganar com um hambúrguer.

Fonte: Treino Intervalado de Alta Intensidade

Diet secrets from the world’s healthiest countries

In a study from Imperial College London, published in the journal the Lancet in late February, researchers projected the life expectancy for men and women born in 35 industrialized countries in the year 2030 a dieta do limão. The study authors used 21 different forecasting models to analyze death rates across various age groups over the past 50-plus years, resulting in predictions that they believe are the most accurate statistics available.

The good news: The study predicts life expectancy will increase in all 35 countries. South Korea is expected to take the top spot for both women and men, with projected life expectancies of 90.8 and 84, respectively.

The bad news: The USA came in dead last in its cohort, with the lowest predicted life expectancy out of all high-income industrialized countries — an average of 83.3 years for women, and 79.5 years for men.

Although the study doesn’t dig deep into why citizens of certain countries can expect longer life spans than others, co-author James Bennett tells The Post that high-ranking countries do have some commonalities, such as access to health care, low smoking rates and healthy diets.

Below, the life-extending staples that keep these top countries ticking.

South Korea

Bennett cites Korea’s traditional dieta  as one reason why its citizens are expected to live so long.

That’s thanks in part to kimchee, a popular Korean condiment that’s served with most meals. The fermented vegetable mix  dieta do limão is packed with gut-healthy probiotics — which can help your body fight off disease — as well as filling fiber and antioxidants.

Other South Korean staples include bibimbap, a popular dish of rice, vegetables, red pepper paste, egg and a small amount of meat.

“It goes down so easily, and it’s full of healthy foods, dieta dos 21 dias” says nutritionist Joshua Rosenthal, founder of NYC’s Institute for Integrative Nutrition.

Plus, says Bennett, South Korea’s recent economic growth has made health care more accessible “across the whole population,” leading to “huge gains” in its life expectancy standing.

France

France isn’t exactly known as a health-food mecca — the country is synonymous with baguettes, croissants and healthy pats of butter. Still, its citizens tend to live long lives, with a projected life expectancy of 88.6 years for women and 81.7 for men for those born in 2030.

“What’s fascinating is that many of the foods that Americans avoid, like foods that are high in carbs or saturated fat, dieta dos 21 dias are things you see in a French diet,” says Danielle Rehfeld, a personal chef who specializes in global cuisine.

But the French generally consume foods differently than Americans, opting for smaller portion sizes eaten at mealtimes, rather than snacks or binges.

It also helps that they tend to see meals as social events.

“It’s not just what you’re eating, it’s how you’re eating,” says nutritionist Rosenthal. “If you’re eating while you’re watching TV, you don’t realize how much food you ate — you’re unconscious.”

And staying connected with friends and family has been shown t

Melody Tufte

Zero-to-hero movies, usually about athletes or musicians or other folks engaged in something competitive and cinematic (baseball, yes; darts, no), are a staple of the film business in Japan. One reason: Audiences here admire gaman — the perseverance the protagonists display in pursuit of their group or individual goals. Another reason: They enjoy a good cry and these films reliably deliver, guide  to singing usually with a final heart-warming, tear-wrenching triumph.

Masahide Ichii’s “Bring on the Melody!” is among the latest in this sub-genre. Based on a teen mystery novel series by Sei Hatsuno that has already launched a manga and TV anime, the film starts naively formulaic, as though Ichii, who also wrote the script, somehow hadn’t heard that some of his tropes were gray-bearded cliches.

The film largely drops the mystery plots of the novels, but keeps its focus squarely on a universal truth: Being a high school hero — the one who makes the big play on the field or hits the high note in the big concert — sounds wonderful in the abstract, but can be guide to singing  terrifying in the moment. And what if you’re not the hero type to begin with but instead an ordinary, if unusually persistent, teenage girl?

The story begins with one such girl, Chika (Kanna Hashimoto), a new freshman at a Shizuoka Prefecture high school. On the bus Chika encounters Haruta (Shori Sato), a former classmate from elementary school, who has now grown tall, cute and emotionally distant. But when Chika conceives an ambition to revive the school’s wind band — it folded in acrimony and discord — she enlists a reluctant Haruta, who plays the French horn, and together they set out to persuade at least seven other kids to join.

Bring on the Melody! (Haruchika) Rating 3 out of 5 Run Time 119 mins Language Japanese Opens Now showing

The elderly school principal (Kotaro Shiga) has given them three weeks to recruit a total of nine members — one for each instrument. Otherwise, he tells them, the band will have to stay in limbo for at least another year.